Profissionais da Saúde Ipirense realizam avaliação nas Escolas Municipais

A Secretaria de Saúde e Promoção Social realizou durante o mês de maio nas escolas municipais a coleta de dados nas turmas de 1º ao 5º ano nos turnos matutino e vespertino. A coleta foi realizada pela nutricionista Rosana Batistelli e fisioterapeuta Gisele Dallagnol, onde foram avaliados a antropometria: peso e altura, com o intuito de avaliar o estado nutricional entre as crianças e assim poder orientar as famílias. Além disso, foram coletados dados referentes à carga das mochilas dos alunos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde – OMS, 85% da população têm, teve ou terá problemas na coluna. O ideal ainda segundo a OMS seria que as crianças não carregassem mais de 10% de seu peso corporal, em suas mochilas.  O peso excessivo destas pode ocasionar problemas nos tendões, músculos e ossos.

Em longo prazo o peso da mochila acima do recomendado pode acarretar em danos como desvios posturais, dores e assim causar problemas quando na vida adulta.

Confira algumas dicas para que os pais observem as mochilas de seus filhos:

Fique de olho no peso dos materiais que estão sendo levados para a escola; caso todos os materiais sejam necessários, então o peso deve ser distribuído; observe a regulagem das alças e como seu filho carrega a mochila, o ideal é que ela fique no máximo 10 cm abaixo do umbigo da criança; sempre que possível opte por mochilas com duas alças largas e acolchoadas; coloque os materiais pesados junto às costas e nunca nas laterais.

As atividades realizadas fazem parte do Programa Saúde na Escola-PSE.

Este edital possui conteúdo protegido pela LGPD, para obter acesso abra uma requisição aqui